HOME DO BLOG

Você sabe quais são os benefícios da contracepção contínua?

São muitos, pode acreditar. O primeiro deles, e o que as mulheres mais gostam: viver sem TPM. Quem gosta de sofrer com o inchaço, a irritabilidade e as dores? Ninguém, não é?

Sem menstruar, quem manda na sua vida é você, não seu ciclo menstrual. Ou seja: se a mulher moderna já é dona do seu nariz, porque não ser dona do corpo inteiro? Fim de semana na praia? Você decide.

10172792_613217308769277_6344110530172897208_n

Isso vale para tudo: viajar, namorar, trabalhar e o que mais o seu estilo de vida decidir. A menstruação odeia solidão. Está sempre em má companhia: dor de cabeça, inchaço, dor mamária, alterações de apetite, mudanças de humor etc. Livre-se de todos esses incômodos!

Ah, e viver sem menstruar não é apenas conveniente, confortável ou moderninho. Não menstruar pode ajudar a prevenir e tratar doenças bem complicadas. Algumas muito graves, como anemia, mioma e endometriose.

Converse com seu ginecologista! 

Você já usa contraceptivo contínuo e teve sangramento de escape?! Saiba que o escape é normal e pode acontecer com muitas mulheres, a solução pode ser mais simples do que parece.

Temp28Uma das principais dúvidas das leitoras do Viva Sem Menstruar, tanto do blog como da fan page, é sobre o sangramento de escape que ocorre em algumas mulheres que optam pela contracepção contínua. Afinal de contas, esse sangramento é normal, é uma menstruação, significa que a pílula não está sendo eficaz? Não se desespere! O ginecologista Dr. Achilles Cruz tira todas essas dúvidas agora:

Dúvida 1 – Mesmo tomando a pílula contínua eu posso menstruar?

Dr. Achilles - No regime de contracepção contínua não ocorre o sangramento mensal, uma vez que não há interrupção periódica do contraceptivo conforme ocorre com o uso de pílulas no regime tradicional com pausa. Entretanto, como em qualquer regime hormonal, pode ocorrer a presença de sangramento de escape.

Dúvida 2 – O que devo fazer se tiver sangramento durante o uso da pílula contínua?

Dr. Achilles - Em geral, o sangramento de escape é autolimitado, ou seja, tende a desaparecer espontaneamente. Portanto, continue o tratamento normalmente. Caso o sangramento persista, se torne intenso ou inconveniente, consulte o seu médico para orientá-la como proceder.

Dúvida 3 – O sangramento é um sinal de que a pílula não está funcionando adequadamente?

Dr. Achilles - O sangramento não significa redução da eficácia da pílula. Portanto, no caso de sangramento continue o tratamento normalmente para assegurar a eficácia do método.

Se você tiver mais dúvidas sobre o assunto, acesse o site www.vivasemmenstruar.com.br e envie pela seção “Pergunte ao ginecologista” ou converse com seu ginecologista.

Você sofre de TPM? Não precisa mais. A mulher moderna já tem muitas conquistas. Conquiste também o direito de não menstruar.

A Tensão Pré-Menstrual existe desde o início da civilização, mas foi somente no século 20, com a entrada em massa das mulheres no mercado de trabalho, que a TPM foi reconhecida como um problema grave que prejudica de vida de milhões de mulheres. Mas isso é passado e ainda bem que tudo vem mudando e para melhor. Os mecanismos fisiológicos por trás da TPM ainda são um tanto obscuros, mas nos últimos anos muito se avançou nesse tema. É fato que muitas mulheres sofrem com a TPM e algumas inclusive com sintomas intensos que atrapalham e muito as atividades do dia-a-dia.

disposição

Entre os fatores que provocam a TPM, a hereditariedade é o mais comum. Os outros são a queda na serotonina (substância produzida pelos neurônios que controla o humor), alterações hormonais, aumento nas prostaglandinas (substâncias que em excesso produzem dor e inchaço) e fatores externos, principalmente o stress. A boa notícia é que você não precisa mais sofrer com os sintomas da TPM intensa. As novas pílulas hormonais para não menstruar são opções acessíveis e seguras.

Não menstruar significa uma vida com mais liberdade. Você pode escolher passar o final de semana na praia, participar de uma reunião ou namorar, sem precisar se preocupar com cólicas ou TPM, que muitas vezes vem acompanhada por alterações no apetite e mudanças repentinas de humor.

Se você não quer mais essa dor de cabeça chamada TPM na sua vida, fale com o seu ginecologista.

 

Vai malhar? Saiba o que comer antes do treino

Você acorda para malhar ou chega do trabalho e vai correndo para a academia, mas não tem certeza sobre o que comer antes do treino? Uma alimentação equilibrada ao longo do dia é a dica para quem quer perder medidas, mas o lanche pré-treino deve nutrir, sem pesar. O que você come tem papel importante no sucesso da sua atividade física, já que prepara o organismo para o esforço.

A seguir, confira dicas para os lanches pré-treino:

post_academia

Menopausa com ondas de calor afeta mais a memória, diz estudo

menopausa calor

Mulheres que sofrem com ondas de calor durante a menopausa estão mais propensas a ter problemas de memória, segundo pesquisa realizada pela Universidade de Illinois e Universidade de Northwestern, em Chicago. O estudo, publicado no jornal Menopausa e divulgado pelo jornal Daily Mail, acompanhou 68 mulheres e descobriu uma ligação entre a memória e o calor típico da menopausa.

Todas as participantes, que tinham entre 44 e 62 anos, possuíam pelo menos 35 ondas de calor por semana. Essas mulheres completaram questionários sobre seus sintomas, humor e memória. Os resultados mostraram que as voluntárias que tinham mais ondas de calor tiveram pior desempenho nos testes de memória e, quanto mais intenso era o calor, por mais tempo perdurava a falta de memória.

Pesquisadores do Centro Médico da Universidade de Rochester em Nova York já haviam apontado que as variações dos hormônios femininos podem afetar a memória. O estudo apontou ainda que os sintomas costumam ser piores durante o primeiro ano da menopausa. A perda de memória, no entanto, normalmente não é algo permanente.

Os sintomas característicos da menopausa incluem ondas de calor, suores noturnos, ressecamento vaginal, e irregularidade na menstruação.

Fonte: portal Terra 

Sensação de inchaço? Veja 4 dicas para aliviar este quadro

A sensação de pressão no abdômen é algo que a maioria das pessoas já vivenciou – e, muitas vezes, ela vem acompanhada do inchaço na barriga. Em parte este inchaço é causado por motivos aparentes; como bebida em excesso ou o ato de comer muito rápido. Mas existem hábitos do dia a dia, assim como determinados tipos de alimentos, que também exercem impacto neste quadro.

Frequentemente, o inchaço é resultado do aumento do consumo de sal, vindo de alimentos carregados de sódio que levam o corpo a reter líquido. Outro motivo que gera esta sensação são os gases, causados por alimentos que não foram digeridos apropriadamente.

Para vencer o inchaço, o Viva Sem Menstruar sugere algumas dicas bem simples, que envolve a mudança de algumas práticas no dia a dia e também a diminuição de certos tipos de alimentos. Confira!

post_inchaco01

Casal que troca ironias prejudica a comunicação e o relacionamento

Manter uma relação amorosa à base de discussões, gritos e acusações não é dos comportamentos mais sadios. Porém, como na hora da raiva o casal acaba desabafando tudo aquilo que incomoda, certas brigas têm a função de criar um consenso, pois que verdades vêm à tona.

A troca de ironias, por outro lado, não oferece nenhuma chance de lidar com conflitos, diferenças e divergências. É só uma maneira nociva de comunicação que se instala no relacionamento, conduzindo-o pouco a pouco ao fracasso.

Há quem acredite que a ironia é uma maneira de falar o que se pensa de um jeito mais leve, mas, na prática, não é bem isso o que acontece. Quem é irônico sinaliza que não sabe dizer a verdade e por isso precisa machucar o outro com indiretas e insinuações –às vezes, muito maldosas. Caso essas afirmações irônicas fossem feitas de outra forma, com clareza e sinceridade, o casal evitaria grandes brigas e até términos de relações.

post_relacionamentos

Café da manhã rico em proteínas reduz o apetite ao longo do dia

café da manhã rico em proteínas

O café da manhã pode ser considerado a principal refeição do dia, segundo especialistas. De acordo com um novo estudo, ele também pode ser a chave para o emagrecimento saudável. Para os pesquisadores da University of Missouri, um desjejum rico em proteínas pode ajudar a emagrecer, controlando o apetite e reduzindo as chances de consumir alimentos com alto teor de gordura e açúcar.

Ovos e queijo cottage devem ser consumidos no café da manhã - O estudo analisou a rotina alimentar de voluntários que consumiam 35 gramas de proteínas todas as manhãs, como ovos, queijo cottage e carne magra, em uma refeição que totalizava 350 calorias. Os participantes preencheram questionários nutricionais e foram submetidos a exames de sangue diários e um escaneamento cerebral antes do jantar.

Os resultados sugerem que o consumo de café da manhã com alta concentração de proteína aumenta a sensação de saciedade e reduz a atividade cerebral que controla os desejos por comida, evitando o consumo de guloseimas calóricas no fim do dia.

Dieta das proteínas tem base na saciedade precoce

O nutricionista Pierre Dukan, autor da famosa dietas das proteínas e do livro “O método Dukan – Eu não Consigo Emagrecer”, já alertava para benefícios de uma dieta rica em proteínas no processo de emagrecimento. Segundo especialista, as proteínas são poderosos inibidores de apetite por que não são facilmente digeridas. O consumo de níveis elevados deste tipo de alimento evita a fome e a necessidade de beliscar.

Fonte: GNT

Andar de bicicleta emagrece, controla a ansiedade e traz outros 5 benefícios

Andar de bicicleta, além de trazer uma sensação indescritível de liberdade, traz benefícios para o corpo. São sete privilégios os à saúde. Eles vão da proteção cardíaca à prevenção da ansiedade. O Viva Sem Menstruar lista no infográfico abaixo:

post_bicicleta